Domingo, 23 de abril de 2017 às 16:26 em Música
Morre Jerry Adriani Ícone da Jovem Guarda

O cantor Jerry Adriani, ídolo da Jovem Guarda, morreu às 15h30 deste domingo (23), aos 70 anos, no Rio. Ele enfrentava um câncer e es5tava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste.

Jerry Adriani, cujo nome verdadeiro é Jair Alves de Souza, nasceu em 29 de janeiro de 1947, no Brás, na cidade de São Paulo. Começou a sua vida profissional em 1964, com a gravação do seu primeiro LP, "Italianíssimo", e no mesmo ano gravou seu 2º LP , "Credi a Me".

Em 1965, grava "Um grande Amor", sendo o primeiro LP em português. Tornou-se apresentador do programa Excelsior a Go Go, na antiga TV Excelsior (Canal 9), atual RedeTV!, em São Paulo, ao lado do comunicador Luís Aguiar; apresentava músicas dos VipsOs IncríveisTrini LopezCidinha Campos, entre tantos outros.

Entre 1967 e 1968, já na antiga TV Tupi, (Canal 4), atual SBT em São Paulo, passou a apresentar A Grande Parada, ao lado de grandes artistas, como Neyde Aparecida, Zélia Hoffmann, Betty Faria e Marília Pera. Era um musical ao vivo que apresentava grandes nomes da música popular brasileira.

Em 1969 Ganhou o título de Cidadão Carioca.

Foi responsável pela ida de Raul Seixas para o Rio de Janeiro, amigos que eram desde a época em que possuía uma banda em Salvador, chamada Raulzito e os Panteras, por três anos. Entre as músicas que a banda tocou, ambas compostas por Raulzito, podemos citar:

  • Tudo que é bom dura pouco;
  • Tarde Demais
  • Doce doce amor

 

Entre os anos de 1969 e 1971, Raul Seixas foi seu produtor, até iniciar a carreira solo.

Na década de 1970, fez shows na VenezuelaPeruEstados UnidosMéxicoCanadá e outros países.

Em 1975, participou de um musical no Hotel Nacional, denominado Brazilian Follies, dirigido por Caribe Rocha, ficando um ano e meio em cartaz.

No começo da década de 90, gravou um disco que trazia de volta as origens do Rock in Roll, com o tema "Elvis Vive", um tributo a Elvis, sendo este o 24º disco da sua carreira.

Em 1994, a convite de Cecil Thiré, participou da novela 74.5 uma onda no ar, produzida pela TV PLUS e exibida pela Rede Manchete, exibida também em Portugal com grande sucesso.

Para seus 70 anos, ele participou de três episódios do programa de televisão italiano "MilleVoci" por Gianni Turco, no ar entre junho de 2017.

 

Jerry faleceu em 23 de abril de 2017 no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, depois de longo tratamento contra o câncer.  

 

Fonte: G1

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!