O Retorno de Mary Poppins: Relembre a carreira de Emily Blunt, a nova babá mágica da Disney
24/12/2018 10:23 em Entretenimento

O novo filme da babá mágica da Disney chegou aos cinemas na última quinta-feira (20), e O Retorno de Marry Poppins traz Emily Blunt como a protagonista. A atriz não é um novo rosto de Hollywood, e nós decidimos recapitular a carreira da atriz, que percorre diversos gêrenos durante 15 anos de carreira.

Blunt, versátil como sempre, entrelaçou seus anos de carreira com longas que exigiram diferente aspectos de seu talento, tendo uma filmografia que passa por todos os gêneros cinematográficos. Em 2009, ela fez seu maior filme de época, A Jovem Rainha Vitória, que rendeu sua primeira indicação como protagonista no Globo de Ouro.

Seu lado doce e romântico foi explorando nas diversas comédias românticas que a atriz estrelou, como Cinco Anos de Noivado, Amor Impossível e A Irmã da Sua Irmã. Blunt também investiu em filmes para toda a família, emprestando sua voz para Julieta em Gnomeu e Julieta e sua sequência.

Depois de alguns anos sem grandes sucessos, a atriz voltou para a boca do povo em 2014 com No Limite do Amanhã, ao lado de Tom Cruise. Seu primeiro filme de ação trouxe uma faceta ainda não vista de Blunt, que recebeu diversos prêmios por sua interpretação como Rita Vrataski. No ano seguinte, ela apostou novamente na ação em Sicario: Terra de Ninguém, longa aclamado pela crítica.

Entre estes dois projetos, Blunt decidiu botar um pé nos musicais, estrelando novamente ao lado de Meryl Streep em Caminhos da Floresta. Sem nunca ter cantado para o público, a atriz soltou a voz em canções com outros atores — que já tinham experiência com músicais —, como James Corden e Anna Kendrick, além da própria Meryl.

Nos últimos dois anos, a atriz ainda deu um passo a frente e fez dois longas de suspense, um novo feitio em sua carreira. A Garota no Trem, baseado no livro homônimo de Paula Hawkins, chegou aos cinemas em 2016. Apesar de não ter ganhado grandes elogios de críticos, foi um grande sucesso de público. Indicada a um BAFTA por sua interpretação no filme, ela voltou ao thriller no início de 2018 com Um Lugar Silencioso. Escrito e dirigido por seu marido John Krasinski — com quem tem duas filhas —, ela teve que lutar pelo papel, já que Krasinski não conseguiu enxergar a esposa como a personagem.

A interpretação aterrorizante de Emily Blunt já garantiu uma indicação para o SAG Awards de 2019, assim como sua versão de Mary Poppins. Esta representação da babá é sua volta para filmes para toda a família, em uma escala indiscutivelmente maior, assim como o retorno para os musicais. A icônica personagem, que teve seu primeiro filme em 1964 estrelando Julie Andrews, é o papel que a atriz diz que irá levar consigo para o resto da vida.

Já com quatro indicações nos grandes eventos da temporada de premiações, 2019 será o ano de Emily Blunt levar seu prêmio para casa. Falta ver se ela conseguirá a maior indicação que Hollywood oferece, o Oscar. Mesmo se isso não acontecer, fiquem de olhos abertos para ver essa beldade nos tapetes vermelhos a partir de janeiro.

 

Fonte: Adoro Cinema

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!